FOBIA SOCIAL X TIMIDEZ


A diferença entre o transtorno e a timidez está na intensidade da sensação de ansiedade. Enquanto a pessoa tímida normalmente é discreta, fala pouco, e tem comportamentos mais passivos no contexto social, as pessoas com fobia social não conseguem participar em quaisquer situações, se sentem muito ansiosas em atividades que se sintam observadas.

Essa dificuldade em iniciar e manter interações com os outros, por mais que haja vontade, acontece devido ao medo de ser julgado negativamente. Por isso, sempre que se vê diante de uma ocasião em que deve socializar, a pessoa sente temor intenso, constante e irracional, responsável por causar alterações físicas (como uma crise de ansiedade mesmo, boca seca, falta de ar, tremores…).

Este transtorno tem tratamento, o ideal é acompanhamento psicológico e, em casos mais graves, com medicamentos, como antidepressivos e ansiolíticos (não, não é pra sempre, é um tratamento).


Cada caso de fobia social é diferente do outro, mas é importante ficar atento quais são os riscos da falta de tratamento para esse transtorno. A sua principal consequência é o isolamento social, alcoolismo e/ou outros vícios - sem falar na dificuldade em se empregar.



Para os super tímidos, a terapia ajuda a desenvolver a autoconfiança para lidar com as situações do dia a dia.


Para agendar Atendimento Psicológico Online, você pode me chamar aqui pelo direct mesmo ou whatsapp 21 98378-9906,

Um abraço,

Viviane Pacheco

CRP 05/61364

#atendimentopsicologicoonline

#psicologaonline

#saudemental

#ansiedade

#transtornodeansiedade

#inteligenciaemocional

#fobiasocial

#timidez